A Fundação

Fundação de Solidariedade Social

Fundada em 15 de Fevereiro de 1993, pela Igreja Evangélica Batista de Braga, a Fundação Bomfim é uma Instituição Particular de Solidariedade Social (IPSS), de direito privado e estatuto de Utilidade Pública.

 

Com a consciência de se assumir como um ator minoritário numa sociedade global, propõe-se cumprir a missão de servir a todos, em especial os mais desprotegidos e em situação de exclusão, sem qualquer tipo de discriminação, na defesa dos direitos fundamentais da pessoa e da família, numa perspetiva de desenvolvimento de quem cuida e é cuidado!

Missão

Promover o desenvolvimento integral de pessoas de todas as idades, em especial os mais desprotegidos e excluídos da sociedade, através de ações de caráter social, cultural, educativo, espiritual e artístico.

Visão

Perspetiva uma visão dos seus horizontes numa sequência progressivamente mais abrangente: regional, nacional e global.

CESTA

Organização Não Governamental para o Desenvolvimento (ONGD)

A Fundação Bomfim assume como dimensão fundamental da sua atividade a promoção de ações de solidariedade nos países em vias de desenvolvimento e a divulgação das suas realidades. Neste desejo, tem como preocupação contribuir para a cooperação entre os povos, o combate à pobreza e promover a educação numa ótica de promoção da cidadania, imprescindível para o desenvolvimento integral das sociedades e do reforço do diálogo intercultural.

Estabelecimento de Ensino Particular e Cooperativo

A Companhia da Música, é um estabelecimento de ensino reconhecido pelo Ministério da Educação com autonomia pedagógica, vocacionado para o ensino especializado de música.

Atendendo à sua natureza, constitui-se ainda como Entidade Formadora do Sistema Nacional de Qualificações (SNQ) conforme enquadramento no Decreto-Lei nº 396/2007 de 31 de dezembro.

A atuação junto dos nossos beneficiários assenta na adesão e consolidação de um conjunto de Valores e Princípios Éticos que contribuem significativamente para a concretização do nosso trabalho de cariz social, humanitário, artístico e educativo.

Valores

Primeiro a Pessoa, Família, Solidariedade, Cooperação, Voluntarismo, Relacionamento, Reconhecimento e Envolvimento

Princípios Éticos

Verdade, Igualdade, Lealdade, Responsabilidade, Disciplina, Profissionalismo, Excelência, Ética e Justiça

Órgãos Sociais

Conselho de Administração

Presidente

Silas Esteves Pego

Vice-Presidente

Alfredo José Bernardo Abreu

Vogais

André Filipe Oliveira Vieira

Maria da Luz Almeida Duarte

José Soares Barbosa

Eliseu Vieira

António Barroso

Conselho Fiscal

Presidente

Luís José Pinto da Fonseca

Vogais

Maria Fernanda Aguiar Martins

Sérgio Hélder da Costa Miranda Pereira

Não sendo um Órgão Social, o Conselho de Administração conta com o apoio de um Conselho Consultivo, constituído por um conjunto de personalidades de reconhecido mérito, com funções de aconselhamento e orientação, em assuntos de interesse da Fundação.

Américo Reinaldo

António Homem de Gouveia

Cláudio Alves

Delmiro Moreira

Jan Peter Karst

José Cruz Pinto

José Franco

José Manuel Fernandes

Rosa Maria Simões

Stephen Mosely